supermercado online

Como não acumular coisas: 7 objetos que precisamos jogar fora

Existem alguns objetos que não conseguimos nos desfazer e são os que mais atrapalham na organização da casa. Nós temos o hábito de nos apegar a um tipo de objeto que, na realidade, não contribuem nada para o nosso dia-a-dia e podem facilmente ser jogados fora. No geral as pessoas acumulam algum tipo ou categoria de objetos que na verdade não lhes fariam falta nenhuma se fossem descartados. Essa lista vai te ajudar a como não acumular coisas.

 Todos guardamos revistas e outros materiais imaginando que os leríamos futuramente. E, 10 anos depois,como nao acumular coisas adivinha? Não foram abertos nenhuma vez. Ou então guardou potes e cestas bonitinhas que ganhou em alguma festa achando que seriam úteis num evento futuro. O mesmo vale para eletrodomésticos que estão esperando conserto ou que comprou para uma receita específica a qual você não faz há muito tempo ou não gosta mais. Veja os itens listados:

1- Anotações, desenhos e cartas

Este é um objeto com um grande apelo emocional. Muitos daqueles que tem filhos não conseguem desapegar dos primeiros cadernos de caligrafia, desenho de homenagem do dia das mães e outras criações fofas. Por mais que seja difícil, você consegue se desfazer disso. Recomenda-se tirar fotos ou digitalizar esses materiais e guardar de maneira organizada no seu computador ou outro dispositivo. Para ajudar, você pode estipular um número bem pequeno de desenhos e cartas realmente especiais e guardá-los. Os que realmente forem fonte de grande alegria, você pode emoldurar e pendurar na sua casa. Por que não? Lembre-se de separar tudo para ser lixo reclável.

2- Roupas

Não tente negar o inegável. As peças que você não usa faz 2 anos ou mais devem ser desfeitas e passadas para quem as aproveitarão mais. A partir de 1 ano, o questionamento do seu gosto por aquela calça ou blusa pode ser feito. O mesmo vale para outros tecidos da casa, como toalhas, roupas de cama e os mais diversos panos. Alguns desses objetos ainda podem ser rebaixados, ao invés de descartados. Isso aconteceria com uma toalha que virou pano de chão, por exemplo.

3- Documentos

Em busca de garantias, é normal os precavidos preservarem boletos e comprovações de pagamento. Esses documentos são importantes, mas por um período razoável. Organize-os adequadamente e sempre confira os papéis que ainda fazem sentido ou que não tem efeito legal com periodicidade.

4- Dispositivos eletrônicos

A memória daquela máquina de lavar que durava a vida inteira está cada vez mais distante, pois a vida útil desses dispositivos está reduzindo. Além disso, tem uma grande quantidade de aparelhos que entram e saem de moda, como câmeras e aparelhos telefônicos, e acabam ficando no fundo da gaveta, dificultando nosso desafio de como não acumular coisas. Outra regra é sempre conferir para ver se funciona. Se sim, doe. Caso contrário, descarte. Atente-se ao descarte desses objetos no ponto de coleta específico, por poder causar grande impacto ambiental.lixo eletrônico

5- Materiais de estudo e leitura

É incrível como não conseguimos nos livrar do livro mais inutilizável. Ninguém sofre pra se desfazer de uma louça quebrada, CD arranhado etc. Mas livros antigos sem capas, rasurados e esquecidos continuam na sua casa. Dependendo do estado, você pode doar ou reciclar o livro ou revista. Se realmente gostou, digitalize ou recorte apenas a parte interessante. Esse objeto, que ocupa muito volume e junta poeira, tem sido cada vez mais utilizado no meio digital. Já está na hora de você aderir a essa tendência.

6- Itens vencidos

Esse tipo de produto ocupa muito espaço, pois está espalhado pela sua casa inteira! Mas concentre-se nos remédios e produtos alimentícios. Se fizer um bolão para ver quantos produtos fora do prazo de validade vai encontrar, provavelmente vai ser surpreendido. Faça uma limpa na caixa de medicamentos e tente não esquecer do chocolate em pó do fundo do armário. Quando se livrar de todos esses produtos, vai ver mais espaço e reduzir o risco de alguém usar e passar mal. 

7- Bijuterias e acessórios

São objetos pequenos, mas incomodam a organização de pessoas do sexo masculino e feminino. Todos temos carteiras, cintos velhos e bolsas sem serem utilizados, por terem chegado no fim da vida útil ou por você ter mudado seu gosto. Isso também se aplica àquele seu brinco que está sem o par e você nem sabe o motivo de ter guardado o sobrevivente. Reavalie esses objetos e tenha espaço para o que realmente importa.

Pronto! Você já sabe como não acumular coisas e essa tarefa pode tomar algumas horas, mas cuidar de casa é essencial. Ganhe algum tempo e dinheiro fazendo as compras de supermercado com o etanto.

Fonte: https://donasdecasaanonimas.com/7-coisas-que-precisamos-descartar/

EASYMARKET SERVICOS DIGITAIS LTDA
CNPJ: 32.313.577/0001-40