Consumo consciente: resista a promoções e descontos

consumo consciente
supermercado online

Consumo consciente: resista a promoções e descontos

consumo consciente      Tem jeito de se proteger mentalmente das publicidades e descontos? Há uma técnica milagrosa para não comprarmos o que não queremos? Confira esse texto SEM FALTA!

      Que comprar é muito mais prazeroso que economizar, todos nós sabemos e já está provado até em estudos. É através do consumo que nós, muitas vezes, conseguimos relaxar e descarregar alguns sentimentos ruins, porém isso pode complicar sua conta.

      Não podemos condenar o hábito de comprar coisas para fazer parte de um grupo, mas o exagero de gastos, sim. Assim como acontece com quase tudo na vida, o excesso prejudica. O consumo irresponsável mais a falta de planejamento e educação financeira é um problema enorme, principalmente se ainda contarmos com juros altíssimos. Fica cada vez mais difícil ver um desconto ou outlet sem sair com uma sacola.

Consumo consciente: valor não é o mais importante

    Você não pode gastar com algo somente pelo fato do preço estar muito baixo. Esse tipo de hábito faz seu lado emocional dominar seu racional. Precisamos pensar mais vezes e com a razão para tomar atitudes com impacto financeiro.

      Com certeza, o valor é critério muito importante, mas o principal objetivo deve continuar sendo chegar a um padrão de consumo sustentável e de qualidade. Nem sempre pagar pouco é economizar, pois você pode gerar essa “economia” e se complicar para pagar as parcelas posteriormente, encontrando uma fatura mais alta do que gostaria.

Consumo consciente: faça compras planejadas

       A principal questão aqui é: nós não abrimos o olho todo dia e pensamos “vou comprar algo na promoção”. Porém algo parecido acontece. Enquanto passamos na frente de uma loja, ficamos distraídos até que nosso olhar é pego por um produto “feito para nós” com um preço especial. Você se imagina com ele, faz umas contas, escolhe em quantas parcelas pagará e passa o cartão.

      Você nem percebe quando já digitou sua senha e saiu com a sacola da loja. Não é culpa sua. Seu celular toca a cada minuto, praticamente e, na sua cabeça, tem muitos problemas do seu dia-a-dia. Você está mais vulnerável e sente que tem que tomar as decisões rapidamente.

Essa situação soa meio exagerada para você?

      Adquirir um produto involuntariamente é algo que acontece com muitas pessoas, se não todas. Se você tem dinheiro na conta para esse comportamento, ok. O problema é quando não temos tanta reserva, o que acontece com a maioria dos brasileiros.

      Tenha um bom plano de finanças que você vai se proteger melhor contra essa situação. Você pode e merece ter os bens que você acha que serão muito bons para a sua realidade, mas isso deve acontecer num processo pensado e organizado. E esse processo tem os seguintes aspectos:

Resista às suas vontades

      É muito importante que você não jogue fora seu planejamento pela promoção que aparecer na sua frente. Concentre-se nos seus principais objetivos e use-os como motivação.

Saber esperar

      Nossa vontade sempre é de ter os objetos desejados na hora, no entanto isso não vai ser viável na maioria das vezes. Coloque prazos nas suas metas e tenha paciência para atingir conquistar seus desejos de maneira sustentável.

Acostume-se a economizar

      

Os prazos que você estabeleceu andam juntos do hábito de poupar para gastar no que você definiu previamente. Você vai comprar aquele celular que quer, porém no momento que juntar o necessário.

Pechinche na hora do pagamento

      Se você conseguiu poupar o valor definido e aguentou às diversas promoções no meio processo, parabéns! Agora, você deve fazer jogo duro na hora de pagar pelo produto desejado! O interessante é que você vai perceber que aquele objeto mudou de preço nos últimos meses. Pode ser que esteja mais barato, o que acontece com muitos produtos de tecnologia, pode ser que esteja mais caro e pode ser que esteja o mesmo preço. Mas agora você tem uma margem de negociação, podendo até pagar a vista, viu? Se, mesmo com esse desconto, você ainda tiver que pagar mais caro do que há alguns meses atrás, sem problemas. Mas pense que você não vai prejudicar a sua saúde financeira por conta dessa atitude.

      Veja que estamos falando de comportamento e raciocínio e não de uma ferramenta ou algo mais arrojado. Basta você ter renda e planejamento para entender quando e o que comprar. Outra coisa importante: Você pode usar uma planilha ou caderno de anotações para ajudar no seu planejamento e controlar seus gastos!

      Outra forma de consumir conscientemente é pagar o preço justo de determinado produto! Adicione os produtos da sua lista de compras do etanto e encontre o melhor valor.

Fonte: https://dinheirama.com/como-resistir-promocoes-compras/

EASYMARKET SERVICOS DIGITAIS LTDA
CNPJ: 32.313.577/0001-40